PS: Qualquer evento taurino cancelado sem aviso prévio pelos seus organizadores, não é responsabilidade nossa a continuação da sua divulgação aqui na Agenda Taurina da "Festa Brava no Ribatejo".

"Tour Y Art"- Artigos Taurinos - 963082832

"Tour Y Art"- Artigos Taurinos - 963082832
::::::::::::::::::::Clica na imagem para mais informação::::::::::::::::::

Moita do Ribatejo- Feira de Maio 2021

Moita do Ribatejo- Feira de Maio 2021

terça-feira, 13 de abril de 2021

Tauromaquia Popular pode estar de volta na Temporada 2021

O artigo "A Tauromaquia Popular também merece Respeito", publicado à cerca dum mês aqui na "Festa Brava no Ribatejo" e em parceria no site "Naturales-Tauromaquia", veio dar alguma esperança que haja Tauromaquia Popular nesta Temporada 2021.
Das várias reações que houve sobre a publicação, destaco uma por parte dum elemento duma Comissão de Festas, na qual solicitou anonimato, para que não fossem criadas falsas expectativas, onde a Comissão pondera a realização duma Largada de Toiros ou mais caso as coisas corram bem, não nos modos tradicionais, nas ruas, mas sim na Praça de Toiros da sua terra, por ocasião das festas anuais.
Segundo o elemento, a Comissão de Festas tem uma boa relação com a empresa que gere a Praça, sendo esse um dos pontos fundamentais para se tentar fazer algo, o evento teria de ser cobrado por um valor simbólico, essencialmente para licenças, aluguer de gado bravo, Bombeiros, etc, ou seja, todos os cuidados como fosse uma Corrida de Toiros, e claro que teria de haver um número limitado na arena, teia e bancadas de Aficionados.
Afirma que a Comissão está com "vontade", mas que vão aguardar pela evolução dos acontecimentos, analisar em que formatos corre as corridas de toiros e essencialmente ver como outros eventos com aglomerações de pessoas está previsto realizar, presumo se tivesse a referir a festivais, mas que isto tudo dependia da Direção-Geral da Saúde e muito das Identidades locais, concluindo basicamente a nossa conversa com a seguinte afirmação: "Oh Luís, ou tentamos fazer alguma coisa por isto, ou esta merda morre..." 
Ass: Luís Miguel Sacôto