PS: Qualquer evento taurino cancelado sem aviso prévio pelos seus organizadores, não é responsabilidade nossa a continuação da sua divulgação aqui na Agenda Taurina da "Festa Brava no Ribatejo".

"Tour Y Art"- Artigos Taurinos - 963082832

"Tour Y Art"- Artigos Taurinos - 963082832
::::::::::::::::::::Clica na imagem para mais informação::::::::::::::::::

Moita do Ribatejo- Feira de Maio 2021

Moita do Ribatejo- Feira de Maio 2021

quinta-feira, 30 de abril de 2020

Samora Correia- "Recordar é Viver" a Semana Taurina & Feira Anual 2014

Fotografia: Luís Miguel Sacôto
Clica na imagem para veres a reportagem

Samora Correia- "Recordar é Viver" a Semana Taurina & Feira Anual 2013

Fotografia: Luís Miguel Sacôto
Clica na imagem para veres a reportagem

quarta-feira, 29 de abril de 2020

Samora Correia- "Recordar é Viver" a Semana Taurina & Feira Anual 2012

Fotografia: Luís Miguel Sacôto
Clica na imagem para veres a reportagem

domingo, 26 de abril de 2020

Samora Correia- "Recordar é Viver" a Semana Taurina & Feira Anual 2011

Fotografia: Luís Miguel Sacôto
Clica na imagem para veres a reportagem

sábado, 25 de abril de 2020

Samora Correia- "Recordar é Viver" a Semana Taurina & Feira Anual 2010

Fotografia: Luís Miguel Sacôto
Clica na imagem para veres a reportagem

Samora Correia- "Recordar é Viver" a Semana Taurina & Feira Anual 2008/2009

Fotografia: Luís Miguel Sacôto
Clica na imagem para veres a reportagem

quarta-feira, 22 de abril de 2020

Vai começar a Festa Brava no Ribatejo 2020...

Devido à situação epidemiológica e as medidas preventivas determinadas pelo Estado de Emergência Nacional e pelo Plano de Contingência, que tem causado o cancelamento de muitos Festejos Taurinos Populares, a "Festa Brava no Ribatejo" vai manter a chama da "Festa" acesa, ou seja, iremos publicar os melhores momentos de edições anteriores, no período em que cada terra deveria ter os seus festejos 2020, para semana começa a Semana Taurina & Feira Anual de Samora Correia aqui no Blog/Site "Festa Brava no Ribatejo".
Ass: Luís Miguel Sacôto

terça-feira, 21 de abril de 2020

Organizações Taurinas lançam campanha a favor das Misericórdias Portuguesas

A Tauromaquia liga-se sempre a grandes causas sociais e lança campanha de donativos num momento difícil para os mais idosos.

É tempo de estarmos longe uns dos outros, mas mais unidos do que nunca. Parece contraditório, mas a verdade é que estar em casa tornou-se palavra-chave para todos nós, num momento em que estamos todos "no mesmo barco" a lutar contra o mesmo problema.

O país está unido da melhor maneira possível e a fazer força para combater a pandemia do Coronavírus que está a afetar o mundo inteiro. As organizações tauromáquicas não esquecem quem mais precisa: Os mais idosos. São eles que estão a ser mais afetados com o Covid-19. Não só porque têm menos defesas e são um grupo de maior risco, como também, muitos deles, precisam de uma ajuda redobrada numa altura em que existe falta de material para se protegerem contra o vírus.

Perante a crise actual a Associação de Toureiros Portugueses, a Associação Portuguesa de Empresários Tauromáquicos, a Associação Portuguesa de Criadores de Toiros de Lide, a Associação Nacional de Grupos de Forcados, a Associação de Tertúlias Tauromáquicas de Portugal, a ProToiro e a marca Touradas uniram-se para apelarem a participação de todos numa grande causa social lançando uma campanha de donativos directamente para a conta da União das Misericórdias Portuguesas (IBAN PT50 0033 0000 45285048103 05 Millennium) com o objetivo de apoiar a compra de material de desinfeção e proteção para os lares das misericórdias portuguesas e para as suas unidades de cuidados continuados. Aqueles que prefiram poderão fazer a entrega destes materiais e/ou produtos alimentares junto de uma Santa Casa da Misericórdia junto de si. 

Em altura de pandemia, os mais idosos são os que precisam de apoio urgente e o Presidente da ProToiro tem isso em consideração. "A tauromaquia tem um ADN secular de ligação direta às grandes causas sociais e solidárias. Neste momento não podíamos deixar de agir e ir em auxílio dos que mais necessitam, num momento de grave crise social", afirmou João Santos Andrade.
Fonte: Touradas

Montijo- Festas de São Pedro 2020 canceladas

O presidente da Câmara, Nuno Canta, reuniu hoje, 21 de abril, com o presidente da Comissão das Festas Populares de S. Pedro, José Manuel Santos, a vereadora do pelouro da Cultura, Sara Ferreira, o presidente da Junta de Freguesia da União das Freguesias de Montijo e Afonsoeiro, Fernando Caria, e os representantes das coletividades que integram a comissão, nomeadamente, a SCUPA, o Motoclube do Montijo e a Tertúlia Tauromáquica do Montijo, para ouvir a posição de cada um sobre a realização ou não das Festas Populares de S. Pedro.
As coletividades manifestaram-se pela não realização da edição de 2020 das Festas de S. Pedro. O presidente da câmara informou que o Sr. Padre João Rosa, que não pode estar presente, também é da mesma opinião.
No seguimento desta reunião e da posição assumida pelos diversos intervenientes, na próxima reunião de câmara (29 de abril) o presidente da câmara irá apresentar para deliberação uma proposta para a não realização da edição de 2020 das Festas em honra de S. Pedro, tendo em conta os riscos associados à transmissão da COVID-19 e as orientações da DGS e da OMS sobre a realização de eventos de massa.
Fonte: Câmara Municipal do Montijo

quinta-feira, 16 de abril de 2020

Festa Brava no Ribatejo pode voltar em Agosto...

Esta tarde na Assembleia da República, foi novamente declarado estado de emergência em Portugal, até ao próximo dia 2 de Maio, havendo uma previsão para o mês de Maio/Junho a reabertura do pequeno comércio e restauração com as devidas precauções.
O Primeiro-Ministro António Costa pondera ainda, que em Julho haja abertura de algumas actividades culturais, sendo o mês de Agosto/Setembro o regresso do desporto e restantes actividades ao ar livre, na qual faz parte as tradicionais largadas de toiros, isto tudo, se não houver um aumento de pessoas infectadas pelo covid-19 durante este tempo, porque o futuro só a Deus pertence...

Colete Encarnado candidato às "7 Maravilhas da Cultura Popular"

O Município de Vila Franca de Xira está nomeado em três categorias do Concurso 7 Maravilhas da Cultura Popular. As Festas do Colete Encarnado, a Lenda de Nossa Senhora de Alcamé e a Romaria do Senhor Jesus da Boa Morte foram as candidaturas validadas, respetivamente, nas categorias “Festas e Feiras”, “Lendas e Mitos” e “Procissões e Romarias”. Segundo informação da Organização das 7 Maravilhas da Cultura Popular, as votações terão início em breve, a fim de serem apurados os 140 finalistas regionais.

Festas do Colete Encarnado
Festa carismática que se instituiu como marca do Concelho de Vila Franca de Xira. Um dos principais e peculiares ingredientes deste evento é a Tauromaquia, incluindo as esperas de toiros nas ruas da Cidade. A Homenagem ao Campino, a noite da sardinha assada, o convívio nas tertúlias, o fado e os grandes concertos são outros atrativos irresistíveis para viver esta Festa, que atrai anualmente centenas de milhar de visitantes à cidade de Vila Franca de Xira.
Fonte: https://infocul.pt

Moita candidata às "7 Maravilhas da Cultura Popular"

O Município da Moita candidatou-se às 7 Maravilhas da Cultura Popular, em cinco das sete categorias a concurso, com as Festas em Honra de Nossa Senhora da Boa Viagem, na categoria Festas e Feiras; as Pinturas Tradicionais em Embarcações, na categoria Artesanato; o Huga Huga, na categoria Músicas e Danças; a Romaria a Cavalo Moita – Viana do Alentejo, na categoria Procissões e Romarias e o Varino “O Boa Viagem”, na categoria artefactos, em representação das embarcações tradicionais do Tejo e do saber da construção naval em madeira. As candidaturas foram aceites e validadas pelo Conselho Científico do concurso e o Município da Moita já recebeu os respetivos selos de nomeados.
Na próxima fase do concurso, será efetuada a seleção de 21 patrimónios candidatados por distrito ou região autónoma, por um Painel de Especialistas.
Fonte: CMMoita

Festa Brava no Porto Alto adiada para 2021...

Comunicado
Estando em vigor o Plano de Contingência-COVID 19 no Município de Benavente, desde o dia 06-03-2020 e em cumprimento com as orientações e medidas decretadas pelo Governo e pela Direção-Geral de Saúde, vem esta Comissão de Festas anunciar que não estão reunidas as condições mínimas para a realização da Festa anual de 2020, em honra de Nossa Senhora de Guadalupe.
O estado atual da situação epidemiológica e as medidas preventivas determinadas pelo Estado de Emergência Nacional e pelo Plano de Contingência Municipal, impossibilitaram-nos de realizar qualquer dos eventos previstos, nomeadamente, vacadas, feira anual de Samora Correia, publicidade, peditórios, etc, eventos estes que nos permitiriam garantir o suporte financeiro para a realização da nossa Festa.
Face ao exposto, e porque é nosso apanágio honrar os nossos compromissos, de forma prudente, não nos restou outra alternativa que não fosse o adiamento da nossa Festa.
Assim, adiamos a nossa Festa em honra Nossa Senhora de Guadalupe, para a data de 16 de julho a 20 julho 2021.
Fonte: Comissão de Festas do Porto Alto 2020

Festa Brava em Benavente cancelada...

Portugal e o mundo inteiro vivem hoje momentos difíceis e extraordinários devido à pandemia Covid 19,uma situação à qual a Festa Da Amizade não é alheia.
Atendendo às atuais condições que impõem o cancelamento de atividades que envolvam grupos de pessoas, vemo nos forçados a tomar uma decisão difícil e inédita em mais de 50 anos de Festa da Amizade, que é o cancelamento da mesma.
Estamos convictos que juntos iremos ultrapassar esta contrariedade e que iremos dedicar toda a nossa energia para que em 2021 possamos surpreender todos os habitantes da nossa vila e os que nos visitarem.
"Benavente Capital da Amizade, de hoje e de sempre, porque a Festa é irreversível"
A Comissão de Festas 2020/21

sexta-feira, 3 de abril de 2020

Santarém cancela Feira Nacional de Agricultura 2020

Portugal e o mundo inteiro vivem hoje momentos difíceis e extraordinários devido à pandemia Covid 19, uma situação à qual não é alheio o CNEMA – Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, em Santarém.
Atendendo às atuais condições impostas pelo estado de emergência, devido à Pandemia do Covid 19, que impõem o cancelamento de atividades que envolvem grupos de pessoas e sendo o CNEMA uma entidade vocacionada para este tipo de iniciativas, o momento exige que se cumpram as medidas inerentes ao estado de emergência.
Avaliando as condições excepcionais e a incerteza das próximas semanas decorrente do momento que vivemos, o Conselho de Administração do CNEMA, numa decisão dificil e inédita, concluiu que não estão reunidas as condições para a realização da Feira Nacional de Agricultura / Feira do Ribatejo no próximo mês de junho.
Conscientes do impacto desta decisão, em todos aqueles que nos apoiam com a sua presença, não podemos deixar de agradecer a patrocinadores, expositores, parceiros e visitantes pela confiança que sempre demonstraram na FNA.
Confiantes que, com a participação de todos, seremos capazes de ultrapassar esta contrariedade, que inesperadamente surgiu, anunciamos que de 5 a 13 de junho de 2021 iremos realizar a Feira Nacional de Agricultura / Feira do Ribatejo, e que iremos dedicar toda a nossa energia para surpreender todos aqueles que nos visitarem no próximo ano.
Fonte: Facebook "Feira Nacional de Agricultura - Feira do Ribatejo"