quinta-feira, 17 de março de 2016

Documentário sobre GFA de Montemor-O-Novo premiado em Festival na Finlândia

A curta-metragem Blood Brothers, em que Marco Espírito Santo e Miguel Coimbra acompanham uma noite na vida dos Forcados Amadores de Montemor-o-Novo, foi distinguida, este domingo, com o prémio de Melhor Documentário na 46.ª edição do Festival de Cinema de Tampere, na Finlândia.
O prémio foi decidido pelo júri da competição internacional do certame, composto pelos realizadores Lauris Abele (Letónia), Tatu Pohjavirta (Finlândia) e Alina Rudnitskaya (Rússia), e ainda pelo argumentista italiano Enrico Vannucci e pelo músico norte-americano E.G. Bailey.
O prémio principal do festival, que decorreu entre 9 e 13 de Março, foi atribuído ao filme experimental de ficção vietnamita The Living Need Light, The Dead Need Music (2014), realização colectiva do The Propeller Group, sobre os rituais funerários daquele país.
Blood Brothers é a primeira experiência na realização de Miguel Coimbra, que até agora tem trabalhado sobretudo em publicidade. Já Marco Espírito Santo tem aqui o sexto título de uma filmografia iniciada há já uma década, em que associou a curta-metragem ao videoclip, depois de ter frequentado a London Film School.
O filme espera ainda a estreia em Portugal, tendo já passado por festivais em vários países europeus, mas também na Coreia do Sul e no México.
Fonte: www.publico.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário