domingo, 24 de abril de 2016

"Conheça a jovem portuguesa que quer matar touros" (Revista "Sábado")

Antes de entrar na arena, beijou a fotografia da santinha dos toureiros – La Macarena – e pôs o colar dourado oferecido pelo amigo Rafael. A 7 de Maio de 2015, Paula Santos preparava-se para tourear e matar um novilho, pela primeira vez, na praça de Touros de Jerez de los Caballeros, em Espanha. A jovem recebeu muitos olés dos espectadores. Os amigos, os dois treinadores e a irmã encheram um autocarro que partiu da Moita e percorreu 270 quilómetros para a apoiar. 
A mais recente excursão do grupo foi no passado dia 3 de Abril para ver o espectáculo de estreia de Paula como profissional – aquilo a que chamam novilheira praticante, depois de ser amadora – na praça de Touros de Esparragalejo (província de Badajoz). Foi a primeira vez que Paula toureou com o traje de luzes cor-de-rosa, bordado a ouro – como manda a tradição. 
A única novilheira portuguesa descobriu a paixão pela tauromaquia aos 11 anos. Depois de quatro anos a lidar novilhos (crias até três anos) na Moita, Paula deixou Portugal e foi para a Escola Tauromáquica de Badajoz. Só vê a família ao fim-de-semana e treina de segunda a sexta-feira, das 16h às 19h, para fazer aquilo que não é permitido em Portugal: ser matadora de novilhos. 
Fonte: Revista "Sábado"- 22 de Abril 2016

Sem comentários:

Enviar um comentário