Samora Correia- Festas em Hª de Nª Srª da Oliveira & Nª Srª de Guadalupe 2017

Samora Correia- Festas em Hª de Nª Srª da Oliveira & Nª Srª de Guadalupe 2017
::::::::::::::::::: Clica na imagem para veres o programa :::::::::::::::::::

sábado, 27 de junho de 2015

Casimiro Perilhão recusa ser homenageado na Festa da Amizade 2015 em Benavente

Esta já é a terceira prova de reconhecimento que recusa. Casimiro Perilhão diz que só aceita ser homenageado na sua terra natal, Samora Correia, e quando ele próprio decidir. Organização apanhada de surpresa prefere não apresentar uma segunda escolha.
Aos 76 anos, Casimiro Perilhão brinca, dizendo que ainda é muito novo para homenagens mas, mais a sério, explica a O MIRANTE porque recusou a demonstração de reconhecimento que era para lhe ser prestada durante a Festa da Amizade, em Benavente, que decorre no próximo fim de semana. "Já fui convidado para Alcochete e Vila Franca e nunca quis ir. É a terceira vez que recuso. Quando pensar em ser homenageado, quero que seja em Samora Correia, a minha terra. Por isso é que vou recusar ser homenageado em Benavente. Por enquanto, ainda é cedo para homenagens", diz, garantindo no entanto que vai à festa em Benavente na mesma, tal como a Vila Franca de Xira. "Não quero ser homenageado, se calhar mereço, mas ainda não quero. Até agora nunca quis. De Samora ainda não me convidaram, mas temos tempo", explicou.
A recusa de Casimiro deixa a festa órfã de homenageado, mas o campino mostra-se de consciência tranquila, até porque diz ter avisado todos a tempo de retirarem o nome dos cartazes. "Não sei quem é que eles vão homenagear. Não sou eu de certeza. Já lhes disse há muito tempo que não ia. Disse-lhes na Feira de Maio e eles puseram o nome no cartaz na mesma. Naturalmente estavam convencidos que vinham tentar convencer-me, mas não", afirma.
José Barroca, um dos responsáveis pela organização da Festa da Amizade, lamenta o sucedido e mostra-se surpreso. "Fui surpreendido. Mas agora não se faz. Como é lógico não vou convidar outro campino porque iria sempre parecer que se trata de uma segunda escolha. O Casimiro já há uns 30 anos que vem a Benavente e como é tio do Sérgio Perilhão, que também está na organização, quisemos que fosse ele. Mas isto não tira brilho nenhum à festa. No almoço que vou ter com os campinos vou explicar por que é que não haverá homenagem este ano", adiantou.
Fonte: OMirante.PT

Sem comentários:

Enviar um comentário