Samora Correia- Festas em Hª de Nª Srª da Oliveira & Nª Srª de Guadalupe 2017

Samora Correia- Festas em Hª de Nª Srª da Oliveira & Nª Srª de Guadalupe 2017
::::::::::::::::::: Clica na imagem para veres o programa :::::::::::::::::::

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

"Ditadura" prepara-se para destruir Património de Viana do Castelo

Presidente de Viana inventa obra "Faraónica"e prepara-se para gastar milhões de euros, atentando contra o Património da Cidade de Viana
"Como já denunciamos, o presidente da câmara municipal  de Viana do Castelo, José Maria Costa está a urdir um plano para se vingar dos aficionados e tentar demolir a praça de Touros de Viana, atentando contra o património, a história da nossa cidade e o esforço de muitas gerações de Vianenses, usando agora a desculpa que pretende transformar a praça num pavilhão que custaria muitos milhões de euros.
 José Maria Costa já demonstrou ser uma pessoa sem escrúpulos, humilhando-se perante os tribunais, desprestigiando a figura de Presidente da Câmara, e envergonhando os Vianenses com as suas manobras intimidatórias, indignas de um país democrático.
 Depois de em 2009 a Câmara Municipal ter comprado a Praça de Toiros de Viana por 5 mil euros deixou-a ao abandono, numa manifestação de desrespeito pelo património e história desta cidade. Como se tal não bastasse, tenta inventar uma desculpa falsa para tentar demolir a praça de toiros, com o objetivo único de apagar a centenária história taurina de Viana e de se vingar dos aficionados de Viana.
 Agora, José Maria Costa acaba de inventar mais um projecto faraónico, que vai endividar ainda mais um município que vive uma situação económica trágica, devido à gestão ruinosa que José Maria Costa tem realizado, com uma dívida astronómica de mais de 100 milhões de euros, quando existem em Viana carências, problemas sociais e de pobreza gravíssimos.
 Nos países civilizados o património recupera-se, não se destrói e o pouco dinhiero gasta-se naquilo que é verdadeiramente importante. Mas José Maria Costa mostra que não tem práticas civilizadas nem evoluídas, afundando progressivamente o município em dívidas infindáveis, que terão de ser pagas pelos munícipes e gerações futuras, construindo “elefantes brancos” em série.
 Por isso queremos que a praça seja devolvida à cidade de Viana pelo que, como já comunicamos, temos uma proposta de um consórcio Luso-Francês que pretende comprar da nossa praça, para a recuperar e transformar num espaço multiusos, criando emprego, riqueza e dinamismo na nossa cidade, sem qualquer custo para o município.
 Estamos vigilantes e vamos recorrer a todos os meios legais para que José Maria Costa seja impedido de levar o seu plano de demolição da cultura e história de Viana avante.
 O povo é quem mais ordena e vamos todos impedir que a barbárie se sobreponha ao respeito pela cultura e pela história da nossa cidade."
Movimento cívico “Vianenses pela Liberdade”

Sem comentários:

Enviar um comentário